Por Redação em 18/03/2020

A montadora de automóveis Toyota vai criar, na base do Monte Fuji, no Japão, uma cidade inteligente planejada no conceito da sustentabilidade. A cidade terá veículos autônomos,  será movida a energia renovável, terá casas e prédios inteligentes e soluções tecnológicas avançadas. Batizada de Cidade Tecida, a localidade funcionará como laboratório para testar soluções inteligentes.

A cidade inteligente da Toyota poderá servir de modelo para outros municípios implementarem práticas bem-sucedidas de inteligência artificial. O projeto prevê a construção em um espaço de 71 hectares. A inauguração da Cidade Tecida deverá ocorrer no início de 2021 e contará com 2 mil habitantes, segundo o site Projeto Colabora.

Para atuar à frente do projeto, a Toyota contratou o arquiteto Bjark Ingels, que projetou os escritórios do Google no Vale do Silício e em Londres.

O projeto contará com edifícios feitos de madeira tradicional japonesa, para reduzir a pegada de carbono do ecossistema, e construídos com métodos de produção robotizados.

De acordo com a Época Negócios, a planta da cidade vai incluir uma pista para veículos rápidos e outra para veículos lentos, além de uma via arborizada somente para pedestres. Vale destacar que a cidade permitirá somente a utilização de veículos autônomos e que não emitem CO2.

Além de permitir exclusivamente mobilidade limpa, nas residências e edifícios serão instalados painéis fotovoltaicos para geração de energia.

Além disso, os moradores contarão com robôs para auxiliar nas tarefas rotineiras do lar e uma inteligência artificial vai usar sensores para monitorar a saúde e bem-estar dos habitantes. Estes dispositivos tecnológicos serão abastecidos painéis solares e de hidrogênio. Com informações do GQ.